News
Loading...

COSIDERADA DECISIVA; DEPUTADA TIA ERON SE AUSENTA DE SESSÃO SOBRE CUNHA


Tia Eron acatou as modificaçõse feitas no projeto pelo Senado após aprovação da matéria na Câmara em 2009
Considerada decisiva na votação do parecer que pede a cassação do mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a deputada Tia Eron (PRB-BA) não apareceu na fase inicial da sessão do Conselho de Ética desta terça-feira (7), em que o relatório de Marcos Rogério (DEM-RO) é discutido.
A contabilidade até agora é de 9 votos a favor da cassação de Cunha e 10 contra. Caso Tia Eron empate o placar, o presidente do colegiado, José Carlos Araújo (PR-BA) dará o voto de minerva contra o peemedebista.
A sessão começou às 9h37 e até a publicação desta nota Tia Eron ainda não havia marcado presença. Aliados de Cunha contam com seu voto para sacramentar a vitória no Conselho por 11 votos a 9.
A deputada vinha dando sinais nos últimos dias de que iria votar pela cassação. Segundo interlocutores, porém, ela sofre forte pressão para salvar o peemedebista.
O PRB é aliado a Cunha e ao governo Michel Temer. O partido avaliava, porém, o impacto que eventual voto para livrar Cunha pode ter nas candidaturas de Celso Russomanno à Prefeitura de São Paulo e de Marcelo Crivella à Prefeitura do Rio de Janeiro.

O presidente do Conselho de Ética,Jose Carlos Araújo (PR-BA, à esq.), em reunião do colegiado

MÚSICA

Até às 12h desta terça, a maioria dos deputados que se manifestaram na sessão do Conselho foram favoráveis à cassação de Cunha, ressaltando a notícia do pedido de prisão do peemedebista feito pela Procuradoria-Geral da República.
Um dos mais enfáticos foi o deputado Júlio Delgado (PSB-MG), que citou o quadro do programa "Fantástico", da TV Globo, em que os jogadores que marcam três gols em uma mesma partida pedem música.
"São inúmeros os motivos para cassação. Dois, três, mais de três motivos. Acho que o deputado Cunha deveria pedir a música 'Eu Menti", do Chitãozinho e Xororó. Estamos em um cesto de laranja, acho que tem uma laranja podre que pode contaminar a todos."
Os defensores de Cunha afirmam que cabe à Justiça analisar o caso, não ao Congresso.
O presidente do colegiado, José Carlos Araújo (PR-BA), afirmou que os deputados devem repensar o voto tendo em vista a posição da Procuradoria-Geral da República, que pediu a prisão de Cunha.
"Prisão de parlamentar só pode acontecer em flagrante. Esse Conselho está julgando pressionado por um pedido que não tem solução ainda e que pode influenciar o voto de alguns deputados", disse Carlos Marun (PMDB-MS).
O deputado Sérgio Moraes (PTB-RS), que há alguns anos disse se lixar para a opinião pública no caso de suspeita contra outro colega, também se manifestou a favor de Cunha. "Será que não estamos jogando para a plateia, será que não estamos atrás do discurso fácil, que leva a aplausos no aeroporto, nas ruas?"

Folha


Share/Bookmark
Compartilhar no Google Plus

About Portal Itiuba

Portal Itiúba.Net, o Seu Jornal Digital 24 Horas Por Dia, 7 Dias por Semana, 365 Dias por Ano. Participe, Comente Nossas Matérias Logo Abaixo!

1 comentários :

  1. Ela não passa de uma má madrasta do Brasil deve ter ganhado muito dinheiro pra ficar a favor de um mentiroso , golpista e ladrão que é Cunha. Tenho vergonha dela ser baiana.

    ResponderExcluir