News
Carregando...

JEAN WYLLYS DIZ NÃO TER MEDO DE SER PROCESSADO POR CUSPIDA E CRITICA BOLSONORO: 'CANALHA'‘

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) afirmou não ter medo de enfrentar processo pela cuspida que tentou desferir no rosto do colega de Câmara dos Deputados, o parlamentar Jair Bolsonaro (PSC-RJ) (leia mais aqui). O socialista acabou errando na mira e a escarrada acertou o deputado Luiz Carlos Heinze (PP-RS). “Não tenho que enfrentar processo. 

Quem tem que enfrentar processo é quem é racista, quem promove a violência, quem é machista, quem defende a memória do brilhante Ustra, um torturador, quem defende a ditadura neste país. Isso deveria escandalizar vocês. Não o cuspe na cara de um canalha”, afirmou Jean em um rápido pronunciamento aos jornalistas. Momentos depois da confusão na Câmara, o parlamentar baiano se pronunciou sobre o caso em sua página no Facebook. Em postagem intitulada "Sobre o cuspe ao fascista", Jean argumentou que a cuspida foi um revide a agressões verbais de Bolsonaro. 

Segundo relato, o deputado proferiu contra ele ofensas homofóbicas como "veado", "queima-rosca", "boiola". "Eu reagi cuspindo no fascista. Não vou negar e nem me envergonhar disso. É o mínimo que merece um deputado que 'dedica' seu voto a favor do golpe ao torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra, ex-chefe do DOI-CODI do II Exército durante a ditadura militar. Não vou me calar e nem vou permitir que esse canalha fascista, machista, homofóbico e golpista me agrida ou me ameace. Ele cospe diariamente nos direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transexuais. Ele cospe diariamente na democracia", afirmou.

SOBRE O CUSPE AO FASCISTA
Depois de anunciar o meu voto NÃO ao golpe de estado de Cunha, Temer e a oposição de direita, o deputado fascista viúva da ditadura me insultou, gritando "veado", "queima-rosca", "boiola" e outras ofensas homofóbicas e tentou agarrar meu braço violentamente na saída. Eu reagi cuspindo no fascista. Não vou negar e nem me envergonhar disso. É o mínimo que merece um deputado que "dedica" seu voto a favor do golpe ao torturador Carlos Alberto Brilhante Ustra, ex-chefe do DOI-CODI do II Exército durante a ditadura militar. Não vou me calar e nem vou permitir que esse canalha fascista, machista, homofóbico e golpista me agrida ou me ameace. Ele cospe diariamente nos direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transexuais. Ele cospe diariamente na democracia. Ele usa a violência física contra seus colegas na Câmara, chamou uma deputada de vagabunda e ameaçou estuprá-la. Ele cospe o tempo todo nos direitos humanos, na liberdade e na dignidade de milhões de pessoas. Eu não saí do armário para o orgulho para ficar quieto ou com medo desse canalha.
‪#‎FascistasNãoPassarão‬
Foto: Oliver / Mídia Ninja
241 mil curtidas54 mil comentários69 mil compartilhamentos


Share/Bookmark
Compartilhar no Google Plus

About Portal Itiuba

Portal Itiúba.Net, o Seu Jornal Digital 24 Horas Por Dia, 7 Dias por Semana, 365 Dias por Ano. Participe, Comente Nossas Matérias Logo Abaixo!

0 comentários :

Postar um comentário