News
Carregando...

Coincidência: Acidente entre dois carros mata jovem no mesmo dia em que completou dois anos da morte do pai, também vítima de acidente de carro




A primeira noite de shows dos festejos juninos em Riachão do Jacuípe começa marcada por uma tragédia, uma colisão entre dois veículos deixou uma vitima fatal, e por uma trágica ironia do destino, ela era jacuípense e passava na cidade a caminho de Jacobina onde passaria os festejos do São João.


A batida foi entre um GM Celta, placa PFP-6142, licença de Feira de Santana-BA, que era dirigido por Lellyane Dantas Moreira Oliveira de 29 anos, e um VW Polo Hetch de placa OKG-7886 licença de Salvador-BA, onde viajava apenas o motorista que não teve o nome revelado,com o impacto da batida os airbags do Polo foram acionados.

No Celta viajavam além da motorista, mais quatro pessoas, duas mulheres uma de pré-nome Silvania e outra de pré-nome Joelma, além de Leila Oliveira da Silva, de 25 anos, que morreu na hora, e um rapaz que não teve o nome revelado, Leila era de Riachão, filha do falecido Edvaldo da SUCAM.

Leila morava em Feira de Santana atualmente, por uma infeliz coincidência, dois dias atrás foi aniversário dela, e do pai, que morreu em um acidente de carro dois anos atrás, na BR-101, próximo a cidade de Gandú, no sul baiano, neste sábado (21) exatamente, completam dois anos da morte do pai de Leila, no mesmo dia, tragicamente, a filha morre da mesma forma. Segundo informações de Lellyane, motorista do Celta, o Polo vinha ultrapassando vários veículos, e forçou a mesma a ir para o acostamento, mas mesmo assim o Polo ainda bateu no Celta, que capotou por três vezes, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) esteve no local, e também a Polícia Militar de Riachão, que acionou a Policia Civil para fazer o levantamento cadavérico e encaminhar o corpo para o DPT (Departamento de Policia Técnica) de Feira de Santana.


Muitas pessoas do Bairro Tancredo Neves, Mais conhecido como Asa Branca, onde a vítima passou toda sua infância, foram até o HMRJ (Hospital Municipal de Riachão do Jacuípe) para onde todos forma encaminhados, alguns amigos de Leila ainda foram ao local do acidente, próximo às abóboras, cerca de 8 km de distancia de Riachão, indo para Vila Aparecida.

A família de Leila não informou horário e local do sepultamento da mesma. Esta é a segunda morte registrada no período das festas juninas de Riachão, a primeira foi a do menor Léo, assassinado na Travessa das Olarias, Bela Vista, na ultima quinta-feira (19).


Hora da Verdade






Share/Bookmark
Compartilhar no Google Plus

About Portal Itiuba

Portal Itiúba.Net, o Seu Jornal Digital 24 Horas Por Dia, 7 Dias por Semana, 365 Dias por Ano. Participe, Comente Nossas Matérias Logo Abaixo!

0 comentários :

Postar um comentário