News
Carregando...

Homem morto em tanque de combustível era chapa e não tinha experiência neste tipo de trabalho





Teixeira de Freitas: Após matéria divulgada em primeira mão pelo site Liberdade News, familiares do homem morto na manhã desta segunda-feira (26) – reconheceram o corpo da vítima. O homem morreu após ter caído em um tanque de combustível (reservatório de óleo diesel) do Posto Caraípe, localizado na Av. São Paulo, região central da cidade. Trata-se de José Fernando Alves dos Santos, 27 anos de idade, natural de Teixeira de Freitas, morador da Rua dos Coqueiros, Bairro Caminho do Mar II.
As informações preliminares coletadas por nossa equipe de reportagem no local davam conta de que a vítima seria um funcionário da empresa Dantec de Vitória da Conquista. Porém após a ampla divulgação do acidente, familiares foram até o IML e reconheceram a vítima. Segundo familiares, o José Fernando nunca trabalhou, nem no referido posto, nem na empresa Dantec. “Ele sempre trabalhou embalando frutas e verduras. O negócio dele era ser “chapa”, carregar caminhão”, informou um familiar.
Ainda segundo a família, a vítima era trabalhador braçal e nunca trabalhou nisso, e nunca teve experiência neste tipo de serviço. A família disse também, que alguns homens da empresa Dantec foram atrás do José Fernando e, que eles já foram outras duas vezes atrás dele, talvez para que ele executasse este mesmo tipo de serviço. O delegado Kleber Gonçalves, responsável pelo inquérito policial, ouviu os familiares, representantes do posto e da Dantec e solicitou uma perícia no local.
Os peritos do Departamento de Polícia Técnica, Dr. Bruno Melo e Pablo Bomjardim efetuaram uma perícia no local. Segundo informações do dono do posto, o reservatório estava desativado há uns 04 anos e a empresa foi contratada para fazer um orçamento, com o objetivo de reativar a bomba de combustível daquele reservatório. Segundo o perito Bruno Melo, diante do tempo em que o tanque estava desativado, houve um intenso acúmulo de gases, levando a vítima a perder o sentido e a cair.
Ainda segundo o perito, a máscara que a vítima estava usando não era adequada para este tipo de exposição. O Ministério do Trabalho fez uma inspeção e interditou o tanque até posterior deliberação e vai apurar responsabilidades. Segundo o delegado, todas as providências estão sendo tomadas e ficará aguardando o resultado das perícias (necropsia e local) para dar prosseguimento ao inquérito policial. João Fernando deixou quatro filhos órfãos de pai.
Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

Share/Bookmark
Compartilhar no Google Plus

About Portal Itiuba

Portal Itiúba.Net, o Seu Jornal Digital 24 Horas Por Dia, 7 Dias por Semana, 365 Dias por Ano. Participe, Comente Nossas Matérias Logo Abaixo!

0 comentários :

Postar um comentário