sexta-feira, agosto 28, 2015


Por volta das  8 horas da manhã desta sexta-feira, 28/08/15, por pouco não aconteceu uma tragedia na Av. Vereador Osvaldo Campos. No momento em que fotografávamos um casal de jumentos transitando livremente na avenida, um senhor conhecido como Zé Branco colidiu sua moto em um dos animais, por questão de 0,2 segundos não flagramos a colisão, o homem nada sofreu, por sorte o mesmo trafegava em baixa velocidade, o que o livrou de maiores danos.


"Esse problema de animais soltos pelas ruas e avenidas de Itiúba é tão comum, que muita gente nem percebe que convive entre os animais. Queremos aqui chamar a atenção das autoridades responsáveis, pra que encontrem uma forma de solucionar esse problema."




Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

A Agencia dos Correios de Itiúba foi assaltada novamente, o crime aconteceu na manhã de sexta feira (28/08), por volta das 08:30 horas, por dois meliantes armados que estavam em uma moto de dados não anotados.
A Agencia estava em funcionamento, a quantia levada não foi informada.

A Agencia dos Correios de Itiúba já havia sido assaltada em janeiro de deste ano, as características do crime foram semelhantes, dois elementos armados que após efetuarem o assalto, fugiram em uma moto. 

A Policia esteve no local e saiu em busca dos assaltantes.

Maiores informações a qualquer momento...


As informações são de Nilton Oliveira DRT-8268/Cidade em Notícias


Portal Itiúba.net | Com Tel Silva
:
Em acordo de delação premiada, o lobista Fernando Baiano, apontado como operador do PMDB na Lava Jato, disse que pode contribuir com novas informações sobre a cúpula do PMDB.
Aos integrantes do Ministério Público Federal, ele mencionou Renan Calheiros (AL), presidente do Senado, do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (RN), do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ) e do senador petista Delcídio do Amaral (MS).
Ele também afirmou que pode detalhar o papel de Nestor Cerveró, ex-diretor da área internacional da Petrobras, no esquema.

Brasil 247
Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

viatura
No início desta quinta-feira (27), foi encontrado nas margens da BR 116 nas proximidades do Ponto do Coco. O corpo de um Senhor aparentemente, 65 anos, de cor negra, calvo, barba branca, até o momento não foi identificado, o senhor já entrando no estágio de decomposição.
As pessoas que frequentavam o local, perceberam aquele mal cheiro, até que uma pessoa se aproximou e viu o corpo. Assim a  Guarda Municipal foi informada juntamente com guarnição da PM. O corpo foi encontrado em uma estrada abaixo da pista, e o mesmo não tem sinais de violência, estava apenas usando um short.
A vítima aparenta ser um mendigo ou até mesmo andarilho e pode ter passado mal, pois era visível  marcas de espinhos por todo corpo. Uma das hipóteses é que ele pode ter sentido muita dor e veio a falecer ali mesmo caído ao sol.

Fonte: TucanoBR

Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva
:
O presidente do PSDB, senador Aécio Neves, afirmou, nesta quinta-feira (27), que o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB) perderá as condições de continuar presidindo a Câmara caso vire réu da Operação Lava Jato. "Eu acho que aí [com a aceitação da denúncia] fica muito difícil a permanência dele", disse o tucano em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, do telejornal "SBT Brasil". "A aceitação da denúncia por parte do Supremo tira as condições, acredito eu, mínimas de condução da Câmara dos Deputados", acrescentou. 
Aécio afirmou ainda que as acusações contra Cunha, denunciado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, "são extremamente graves". Segundo a denúncia, Cunha recebeu US$ 5 milhões em propina no esquema de corrupção na Petrobras.
Durante a entrevista, Aécio disse também que não acredita na possibilidade de recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), como quer o governo. "Nenhuma medida que signifique o aumento de carga tributária terá o apoio da oposição", disse. "E acho muito difícil que tenha da base", completou.

Brasil 247
Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

quinta-feira, agosto 27, 2015

lidiane-rocha-495x509
A Prefeita de Bom Jardim, Maranhão, Lidiane Rocha, que acabou virando notícia na grande mídia, acaba de ser presa na cidade de Santa Inês, distante 250km da capital São Luís. Lidiane estava sendo procurada pela Polícia Federal desde a última quinta-feira durante uma operação da PF em Bom Jardim. A operação era sobre desvios de recursos na Educação. Segunda a promotora de Justiça da cidade, Karina Chaves, mais de R$ 15 milhões, no ano de 2014, foram aplicados em reforma e construção de escolas, que não foram executadas.
A prefeita, suspeita de fraudes em licitação e desvio de recursos de merenda escolar, já é alvo de três ações propostas pelo Ministério Público do Estado, em 2013 e 2014, por irregularidades na educação municipal. Lidiane Rocha estava foragida desde quinta-feira, 20, quando a Polícia Federal foi até sua casa cumprir um mandado de prisão preventiva da Justiça Federal e não a encontrou.
Ostentação
Vaidosa, 25 anos, Lidiane exibe nas redes sociais imagens de uma vida de alto padrão para uma cidade à beira da miséria, com um dos menores IDHs do Brasil. Carros de luxo, festas e preocupação com a beleza, o que inclui até cirurgia plástica, marcavam o dia a dia da moça que, conforme seu registro na Justiça eleitoral, candidatou-se pela coligação ‘A esperança do povo’. O verdadeiro nome da prefeita é Lidiane Leite da Silva. Na Justiça Eleitoral, ela é Lidiane Rocha.
lidiane_rocha
Em 23 de outubro de 2014, a promotora da comarca de Bom Jardim, Karina Freitas Chaves, ajuizou ação civil pública contra a prefeita, por ato de improbidade administrativa devido ao descumprimento de decisão judicial. A sentença descumprida refere-se à ação civil movida pelo Ministério Público do Maranhão em 8 de abril de 2014. Naquela ação, a promotora requereu, em pedido liminar, a urgência na regularização do fornecimento de merenda escolar, ‘o qual tem prejudicado o calendário de aulas no município’.
“No entanto, apesar de a Justiça ter concedido decisão favorável ao Ministério Público, a prefeitura descumpriu a ordem judicial para que fossem adotadas todas as medidas necessárias para a entrega, nas escolas da rede municipal, da totalidade de alimentos referente a um mês de aula (20 dias), durante todo o período letivo”, informou nota do Ministério Público na época.

A Promotoria de Justiça de Bom Jardim já havia ajuizado, em julho 2013, ação civil pública questionando a oferta irregular de ensino e o não cumprimento do calendário escolar devido à falta de professores, de transporte e de merenda escolar.
De acordo com o delegado federal Ronildo da Silveira, responsável pelo caso, a suspeita que pesa contra Lidiane é que toda a licitação de merenda escolar tenha sido fraudada, provocando prejuízo estimado até de R$ 1 milhão. O delegado diz ter certeza de que R$ 300 mil, parceladamente, foram desviados do contrato. O valor corresponderia ao que seria pago da licitação a agricultores locais.
“Na hora de pagar os agricultores, o ex-namorado ia ao banco e sacava o dinheiro em conjunto com agricultores. Pegava o dinheiro e deixava migalha com eles, muito pouco, para mantê-los calados”, explica o delegado.
O federal conta que as investigações começaram após agricultores afirmarem que recebiam dinheiro, mas não forneciam nenhum alimento para a escola. Chamou a atenção da PF, ainda, a vida que a prefeita ostentava em uma rede social.
“Muitas viagens, (Lidiane) colocava na internet que estava na hora de comprar um carro melhor, veículo de luxo, vivia em festa, fazendo cirurgia plástica”, relata o delegado.
Do O Expresso LEM

Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

Trinta e duas crianças juraram, solenemente, manter distância das drogas, na formatura da 23ª turma do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência - PROERD do 6º Batalhão de Polícia Militar, na Cidade de Filadélfia, na manhã desta quarta-feira (26).

Representantes do Instituto Presbiteriano e da Escola Paraíso Infantil homenagearam as Soldados PM Cristina e Evani, instrutoras do PROERD, o Cabo PM Miguel, responsável por intermediar a implantação do programa naquelas instituições de ensino e o Tenente Coronel PM Anselmo Bispo, comandante do 6º BPM, representado pelo Capitão PM Lizandro. Estavam também presentes o Presidente da Câmara de Vereadores, Capitão PM R/R Lúcio e o Coordenador do PROERD, Tenente PM Antônio Almeida.

Valquíria, de 11 anos, estudante do Instituto Presbiteriano, em entrevista, declarou: “Aprendi muitas coisas sobre as drogas e sobre bebidas alcoólicas, elas fazem mal à saúde. Foi muito importante esse aprendizado. Se alguém me oferecer drogas, nunca vou aceitar”. 
O PROERD foi criado pelo Departamento de Polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, implantado no Brasil em 1992 e, em 2003, foi iniciado na Polícia Militar da Bahia. O programa utiliza técnicas de ensino, com lições planejadas para orientar crianças e pais sobre as questões das drogas e da violência.


PMBA e a Comunidade na Corrente do Bem!

6° Batalhão de Polícia Militar da Bahia

Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva
Estudo do IBGE aponta que Brasil tem um policial militar para cada 473 habitantes
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (26) os resultados do estudo sobre o Perfil dos Estados e dos Municípios Brasileiros 2014. Segundo os dados, em 2013, o Brasil tinha o efetivo de 425.248 policiais militares, o equivalente a um policial para cada 473 habitantes.
Entre as unidades da Federação, a maior proporção de policial militar por habitante era no Distrito Federal (um para cada 194) e a menor, no Maranhão, um para cada 881. Menos de 10% do efetivo da Polícia Militar eram mulheres no País. Na Polícia Civil, o percentual era de pouco mais de 26%.
Conforme o estudo, em 2006, 14,1% dos municípios tinham guarda municipal. Em 2012, o percentual passou para 17,8% e, em 2014, para 19,4%. De acordo com a gerente da pesquisa, Vânia Pacheco, um dos requisitos para o município acessar o Fundo Nacional de Segurança Pública é ter uma guarda municipal, o que pode ter contribuído para o aumento desse efetivo nos últimos anos. 
“Os municípios vêm se aparelhando para ter essas guardas municipais para ter acesso a esses incentivos federais.”
Em 169 municípios, a guarda municipal utilizava arma de fogo
As guardas municipais são instituídas pelos municípios para a proteção de seus bens, serviços e instalações. O percentual de municípios com guarda municipal, que era de 14,1% (786 municípios), em 2006, passou para 19,4% (1.081 municípios), em 2014. O Rio de Janeiro continuava sendo o estado com a maior incidência de municípios com guarda municipal (84,8% ou 78 municípios), e o Acre o único sem nenhuma guarda instituída.
O uso de armas de fogo pelas guardas municipais não variou significativamente entre 2006 e 2014. Em 2006, dos municípios que responderam possuir guarda municipal, em 16,2% (127 municípios) a guarda utilizava arma de fogo. Este percentual foi de 15,6% (169 municípios) em 2014.
O Estado de São Paulo concentrava a maior parte dos municípios onde a guarda municipal utilizava arma de fogo (117 municípios). Por outro lado, em Rondônia, Amazonas, Roraima, Amapá, Piauí e Minas Gerais nenhuma guarda fazia uso deste tipo de arma.
Com informações da Agencia Brasil.

Portal itiúba.Net | Com Tel Silva

quarta-feira, agosto 26, 2015

:
O doleiro Alberto Youssef confirmou, nesta terça-feira (25), durante depoimento na CPI da Petrobras, que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu dinheiro de corrupção envolvendo Furnas, subsidiária da Eletrobras. "Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção) por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele", disse o doleiro. 
A declaração de Youssef foi resposta a pergunta do deputado federal Jorge Solla (PT-BA). Solla questionou se houve "dinheiro de Furnas para Aécio" e Youssef diz que confirmava versão passada anteriormente. Paulo Roberto Costa disse que não tem conhecimento do assunto.
Em seguida, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) defendeu que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) seja investigado por ter sido citado por Alberto Youssef. Pelo Twitter, o petista afirmou que os tucanos da CPI ficaram "perplexos". "Alberto Youssef acaba de confirmar que Aécio recebeu $$ de  Furnas - Aqui na CPI da Petrobras silêncio total de tucanos perplexos", postou.
"Meia corrupção"
Em seu discurso, Pimenta disse que a atuação da oposição é para que só “meia corrupção” seja investigada e criticou os trabalhos da CPI que decidiu por não apurar o pagamento de propina na estatal durante os governos FHC. Segundo um dos delatores, o esquema de corrupção na Petrobrás iniciou em 1997, no primeiro mandato do ex-presidente Fernando Henrique.
“É curioso porque há um esforço por parte de alguns partidos de tratar esse tema como se fôssemos um bando de ingênuos. Se observarmos alguns episódios de maior repercussão do governo FHC, vamos ver que o Alberto Youssef estava lá. Se formos na CPI da Banestado, quem estava lá? O Youssef e o Ricardo Sérgio. Quem é Ricardo Sérgio? O tesoureiro da campanha do José Serra. Agora, na denúncia do Janot aparece o Júlio Camargo juntamente com um cidadão chamado Gregório Marin Preciado. Quem é o Gregório? Primo do Serra, sócio do Serra. Capítulo 8 da Privataria Tucana”, indicou Pimenta.
O deputado também reafirmou que as contribuições recebidas pela campanha da presidente Dilma Rousseff foram legais. De acordo com o parlamentar, “ninguém é bobo” para acreditar que a mesma empresa que doava para Dilma fazia porque o dinheiro era “propina”, enquanto as doações para Aécio - muito maiores - eram feitas por “generosidade” e por “amor”.
Sobre o esforço do PSDB e do DEM, que ao longo de seus governos se especializaram em abafar as operações de investigação, Pimenta cobrou um patamar mínimo de coerência dos parlamentares para que a CPI da Petrobras tenha alguma credibilidade junto à sociedade. "O PSDB e o DEM tratam os brasileiros como se fossem uma população sem memória, como se não conhecessem a história do Brasil e não soubessem quem eles são. Nós sabemos o que vocês fizeram no verão passado. Vamos investigar a fundo todas as irregularidades, mas nós não vamos aceitar o PSDB e o DEM como parâmetros de conduta ética na gestão da coisa pública, porque eles não são", acusou Pimenta.
Delação
Em depoimento gravado em vídeo, o doleiro Alberto Youssef afirmou que recolhia propinas na empresa Bauruense, subcontratada de Furnas, para o deputado José Janene (PP-PR), já falecido. Youssef disse ainda que, numa das viagens a Bauru, ficou sabendo que a diretoria da empresa, ocupada por Dimas Toledo, era de responsabilidade do então deputado Aécio Neves, apontando o senador como beneficiário do esquema. Apesar do relato, Youssef negou ter tido contato com Aécio, que foi deputado federal por Minas entre 1987 e 2003. "O partido (PP) tinha a diretoria, mas quem operava a diretoria era o Janene em comum acordo com o então deputado Aécio Neves", disse Youssef em fevereiro. 
Mesmo depois do depoimento, a procuradoria-geral da República entendeu que não havia elementos suficientes para abrir uma investigação contra Aécio no âmbito do esquema Petrobras. Em petição ao Supremo Tribunal Federal (STF), no começo de março, Rodrigo Janot pediu arquivamento do procedimento.
PSDB nega envolvimento de Aécio
Em nota, o PSDB disse que "como já foi afirmado pelo advogado de Alberto Youssef e, conforme concluiu a Procuradoria Geral da República (PGR) e o Supremo Tribunal Federal (STF), as referências feitas ao senador Aécio Neves são improcedentes e carecem de quaisquer elementos que possam minimamente confirmá-las".
"Não se tratam de informações prestadas, mas sim de ilações inverídicas feitas por terceiros já falecidos, a respeito do então líder do PSDB na Câmara dos Deputados, podendo, inclusive, estar atendendo a algum tipo de interesse político de quem o fez à época. Em seu depoimento à Polícia Federal, conforme a petição da PGR, Youssef afirma que: "Nunca teve contato com Aécio Neves" (página 18) e que "questionado se fez alguma operação para o PSDB, o declarante disse que não" (página 20)", informa.
Segundo o PSDB, "na declaração feita hoje, diante da pressão de deputados do PT, Youssef repetiu a afirmativa feita meses atrás: de que nunca teve qualquer contato com o senador Aécio Neves e de que não teve conhecimento pessoal de qualquer ato, tendo apenas ouvido dizer um comentário feito por um terceiro já falecido". "Dessa forma, a tentativa feita pelo deputado do PT Jorge Solla, durante audiência da CPI que investiga desvios na Petrobras, buscou apenas criar um factoide para desviar a atenção de fatos investigados pela Polícia Federal e pela Justiça e que atingem cada vez mais o governo e o PT", atacou.

Brasil 247
Portal Itiúba.Net | Com Tel SIlva
Segundo informações um problema mecânico foi a causa do incêndio no veículo do empresário Joaquim Souza que possui três pontos comerciais em Filadélfia. O carro ficou completamente destruído depois de ser consumido pelo fogo na noite desta terça-feira, 25, na BR 407, na localidade conhecida como Três Morros, pertencente a cidade de Senhor do Bonfim. O empresário, contou que seguia pela BR quando o veículo Estrada de cor branca que o mesmo dirigia teve um problema mecânico e parou. Assim que desceu do automóvel, houve fumaça saindo do carro e as  chamas se espalharam rapidamente. 

O carro tinha saído de uma revisão mecânica na cidade de Senhor do Bonfim.

Uma viatura do Corpo de Bombeiros esteve no local para combater o incêndio, mas o veículo já estava completamente destruído. Motoristas que passavam pelo local se assustaram com as chamas, mas ninguém ficou ferido.

Além do veículo documentos pessoais, dinheiro, talão de cheques pertencentes ao empresário foram destruídos pelas chamas. 



Filadélfia em Notícias

Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

terça-feira, agosto 25, 2015

br 116 norte - 2 - foto- raimundo mascarenhas

O aumento do fluxo de veículo, de acidentes e de assaltos na BR-116, uma das principais rodovias federais que cortam a Bahia, levou o Ministério Público Federal (MPF) a ajuizar ação civil contra a União pedindo instalação de um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no povoado de Bendengó, no município de Canudos. A ação foi proposta na semana passada, mas a informação só foi divulgada pela assessoria de comunicação do órgão nesta segunda-feira (24).
O órgão afirma que o trecho conhecido como BR-116 Norte não possui nenhum posto policial e que, em setembro do ano passado, já havia expedido recomendação para que a PRF instalasse com urgência uma unidade de fiscalização na região.
Conforme a ação, o procedimento administrativo para análise e instação da unidade de Bendengó tramita desde 2009, mas nunca saiu do papel. Segundo o MPF, o ponto para a instalação do posto foi sugerido, inclusive, por próprio estudo da PRF, por ser um elo entre sete municípios baianos, podendo cobrir cerca de 400 km que hoje estão sem presença da polícia. O MPF requer que o procedimento administrativo para a execução da obra de instalação do posto seja concluído.
De acordo com o MPF, o aumento no fluxo de veículos no trecho se deve à construção da Ponte do Ibó, erguida sobre o Rio São Francisco, que liga os munícípios de Belém do São Francisco (PE) a Abaré (BA). A ponte foi inaugurada em 2008.
O MPF diz que o volume diário médio dessa rodovia nesse determinado trecho aumentou em aproximadamente 124,14%, passando de 2,9 mil para 6,5 mil veículos. O local, segundo o órgão, se tornou a principal artéria utilizada pelos transportadores de carga que trafegam entre o Nordeste e o Sudeste e Sul do país.
Segundo o MPF, a pouca presença policial contribuiu para o aumento do número de acidentes e facilita a ação de quadrilhas organizadas, principalmente de roubos a bancos e tráfico de drogas e animais.
No inquérito civil instaurado, consta que os postos de Feira de Santana, Ribeira do Pombal e Paulo Afonso são os que atualmente atendem essas ocorrências, mas o órgão ressalta que todos eles ficam localizados a mais de 200 km do trecho.
O MPF pede que sejam adotadas medidas emergenciais para reduzir os riscos da ausência de cobertura policial no trecho. Para isso, requer a contratação de 16 policiais e que sejam disponibilizadas duas viaturas para atuar no local.
O G1 tentou contato com a assessoria de comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na tarde desta segunda-feira, mas as ligações não foram atendidas.


Calila Notícias

Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

A agência do Banco do Brasil da cidade de Caldeirão Grande, na região de Jacobina, foi roubada na madrugada desta terça-feira (25). De acordo com informações dos moradores, os bandidos foram direto ao cofre do banco, onde estava guardado o dinheiro que iria abastecer os caixas eletrônicos na manhã desta terça-feira. Após o cofre ser explodido, os bandidos fugiram levando o dinheiro. 

Os bandidos teriam chegado à cidade durante o dia, estudado a área, e aproveitado que os policiais de Caldeirão Grande estariam fazendo uma operação na vizinha cidade de Caém, juntamente com guarnição do município de Saúde.

Outra informação obtida pelo Notícia Livre, é que o helicóptero Grupamento Aéreo da PM (Graer), que está Jacobina, teria sido acionado pelos policiais minutos após o ataque dos bandidos, mas não pode levantar, por se tratar de uma operação noturna.

A ação criminosa foi rápida e ocorreu por volta das 1h30.


Fonte: Notícia Livre

Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

O Palácio do Planalto anunciou na noite desta segunda-feira (24) que pagará o adiantamento integral de metade do 13º salário dos aposentados e pensionistas que recebem do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em setembro . Os outros 50% serão pagos em novembro, como acontece normalmente. 
O 13º engloba 28,2 milhões de benefícios. O governo voltou atrás da decisão de parcelar o pagamento do adiantamento.  O Ministério da Fazenda chegou a discutir a suspensão do adiantamento, que não é obrigatório por lei, por conta da falta de recursos. A ideia era pagar tudo na filho de novembro, mas a repercussão negativa foi grande, já que o benefício vem sendo adiantado há nove anos.
No sábado, o governo anunciou que os aposentados receberiam 25% adiantado em setembro e outros 25% em outubro. Na noite desta segunda, no entanto, a decisão mudou e o governo mudou, resolvendo pagar todo o adiantamento em setembro.
Por conta da intenção do governo, o Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical (Sindnapi) entrou com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para obrigar o Planalto a antecipar a primeira parcela.  O ritmo fraco da economia este ano fez com que o governo não conseguisse manter a antecipação na folha de agosto, como acontece desde 2006.
Leia a nota divulgada pela Secretaria de Comunicação:
A Presidenta Dilma Rousseff decidiu hoje que o adiantamento de 50% do 13º Salário dos Benefícios de Aposentados e Pensionistas da Previdência Social (gratificação natalina) será pago integralmente na Folha de Setembro (creditada a partir do dia 24/09). Os outros 50% da gratificação natalina serão pagos na Folha de Novembro, conforme a rotina tradicional.

Correio
Portal Itiúba.Net | Com Tel Silva

Traduzir - Translate

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Notícias + Lidas

Curta nossa página no Facebook

Clicando na Imagem Abaixo Você Será Direcionado Para a Pagina Itiúba Sertaneja

Vídeo da Semana: Faroeste Caboclo da história da Petrobras

TÚNEO DO TEMPO: UMA VIAGEM AO PASSADO COM UM CLASSICO DE JIM DIAMOND

Veja Como Fica o Tempo Para Itiúba